quinta-feira, 7 de julho de 2016

Autora de denuncia contra Dom Aldo recebeu dinheiro para mentir


Mariana José Araújo da Silva, suposta autora da carta que denuncia atos homossexuais dentro da Arquidiocese da Paraíba, envolvendo o arcebispo Dom Aldo Di Cillo Pagotto, negou qualquer relação com o conteúdo do documento, em depoimento ao delegado responsável pelo caso, Antonio Brayner, no último mês de agosto.
No depoimento, apesar de admitir que assinou a carta, Mariana José negou a autoria e afirmou não conhecer as pessoas ou personagens criadas na denúncia. A mulher ainda afirmou ser muito ingênua, que estaria sendo manipulada por outras pessoas que têm a intenção de manchar a imagem do Arcebispo e que recebeu dinheiro para ir adiante com essa denúncia.
Entenda o caso – Mariana teria escrito uma carta denunciando que atos homossexuais dentro do Palácio do Bispo. No documento, ela detalhava que o Arcebispo e outros padres mantinham relações e comportamentos libidinosos no local.
A carta explica que ela teria tomado conhecimento desses atos por meio da denúncia de um jovem que estava perturbado e que precisava desabafar. Segundo a carta, esse rapaz teria se envolvido com Dom Aldo.
De acordo com o documento, o jovem estava desiludido e contou tudo o que ocorria no local e Mariana, por sua vez, teria se sentido na obrigação de expor esses acontecimentos, por isso publicou a carta.
 A Matéria acima foi publicada em 27/10/15 no Portal MaisPB, o julgamento do caso será dia 14 deste mês de Julho do ano de 2016. 



22 comentários:

  1. Meu Deus.E as autoridades da Igreja que acreditaram e deram voz a isto, que farão agora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz e Bem...! Mas os fatos não estão ligados ao arcebispo como pessoa, as razões são outras, devidamente confirmadas e o próprio arcebispo coloca na sua carta aberta ao povo de Deus.

      Excluir
  2. TRAGICO, QUE ENA QUE OS SITES DE NOSSAS DIOCESE ESCONDAM ISSO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Não é esse q foi as ruas pedir saída da Dilma?, se for esta explicado a denúncia.

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Acho que o senhor deveria apresentar provas disso. E de vez em quando ler a Bíblia e o Catecismo.

      Excluir
  5. A CNBB é podre e comunista de carteirinha. SIMPLES ASSIM. Quem for sério, será crucificado . Quem aderir a TL e a CNBB será santificado. ANTRO DE COMUNISTAS MALDITOS.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Aldo Pagotto tem um histórico de problemas por todos os lugares pelos quais passou. Sua saída de Sobral, onde foi bispo antes de ir para a Paraíba, também foi motivada pela rejeição que seu autoritarismo e arrogância geraram no clero daquela cidade. Aldo Pagotto chegou a fazer acusações contra um padre que à época administrava a Santa Casa de Sobral de que este estaria desviando dinheiro da Santa Casa, o que levou a abertura de uma ação criminal contra o padre que ao final foi considerado inocente das acusações feitas por Aldo. Impende ressaltar que nenhum desses padres perseguidos por Aldo possui nenhuma ligação com a teologia da libertação, já que percebo que seus defensores tentam fazer dele uma vítima de perseguição por defender posições conservadoras. Todavia, me causa estranheza que um religioso que se apresente como um defensor da sã doutrina católica declara, ao mesmo tempo , em entrevista, que pode ser vista no youtube, ser admirador do médium Chico Xavier e recomende que todos devem ler seus livros.

    ResponderExcluir
  8. Padre citado em sobral é partidário, com mandato de deputado federal ativo na época do acontecido.

    ResponderExcluir
  9. Padre citado em sobral é partidário, com mandato de deputado federal ativo na época do acontecido.

    ResponderExcluir
  10. Pastor, reto, honesto, justo, fiel administrador. Deus mostrará à verdade, pois prório nos disse " Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará na escuridão, mas terá luz da vida" (Jo 7, 12). O justo fiel sairá sempre vitorioso, pois é Deus que combaterá todas as trevas, todas inverdades. Aí daqueles que semeiam as mentiras, as calunias, e as injúrias quando Deus levantar sua ira para defender o seu filho fiel.

    ResponderExcluir
  11. O Padre José Linhares era Deputado Federal e tal fato em nada o desabona já que o Código de Direito Canônico permite que membros do clero exerçam mandato eletivo, desde que se afastem de suas funções eclesiais. Todavia, o fato de José Linhares ser político não confere a ninguém o direito caluniá-lo, como fez Aldo Pagotto, já que ficou provada a inocência do Padre José Linhares na justiça! Com que interesses Aldo moveu campanha sórdida contra Padre José Linhares? Talvez a íntima amizade que Aldo mantinha com a família Ferreira Gomes explique sua conduta lamentável de expor um sacerdote íntegro apenas para satisfazer os interesses de seus amigos!

    ResponderExcluir
  12. Esse servo de Cisto tá mais é pra servo do... Disse que o cuju padre não tinha envolvimento político e agora já sabe até que ele era amigo dos ferreira gomes.E se vale dessa justiça corrupta dos homens.Cheira a cara podre.

    ResponderExcluir
  13. O amigo dos Ferreira Gomes era Aldo Pagotto e o nunca disse que o padre não tinha envolvido político, o que salientei é que padres podem exercer mandatos eletivos, pois tal é permitido pelo Código de Direito Canônico. Os que se incomodam com o fato de um padre exercer um mandato eletivo ou veem apenas nesse fato algo que o torna de antemão uma pessoa indigna, como estes que tem respondido aos meus comentários devem ser adeptos do laicismo maçônico que quer restringir a vivência da fé cristã a esfera privada dos indivíduos em nome de uma suposta neutralidade estatal. Quanto a se vale da justiça dos homens não foi ele quem a buscou, mas teve contra si aberta uma ação criminal em decorrência das denúncias infundadas e caluniosas de Aldo Pagotto que agiu claramente no intuito de prejudicar o padre que era adversário político dos Ferreiras Gomes. Independente da justiça dos homens ser suja ou não São Pedro e São Paulo em suas cartas exortaram os cristãos a tratarem com respeito as autoridades.

    ResponderExcluir
  14. Lamento que tantos católicos se deem ao trabalho de defender um homem que apenas usou a Igreja Católica como uma escada através da qual poderia satisfazer sua sede de poder e de status. Um homem que não tem vergonha de aconselhar católicos a lerem livros de um médium espírita, embora a igreja da qual faz parte tenha uma opinião clara de condenar o espiritismo. Deixo aqui o link da entrevista onde Aldo fala abertamente de sua admiração pelo médium Chico Xavier. E Peço a todos os católicos que acreditam que Aldo é um defensor verdadeiro do Catolicismo tradicional se questionem se essa postura dele está de acordo com a imagem que ele tenta passar! É normal um católico tradicionalista afirmar simpatia por outra religião? Por uma religião que nega verdades essenciais da fé católica? Fora da não Igreja há Salvação!! https://www.youtube.com/watch?v=qxAnL6nVuz8

    ResponderExcluir
  15. ESPIRITISMO É SATANISMO!
    Não existe católico espírita, mas espírita que se diz católico!
    O "defeito" de D Aldo foi de ser conservador, contra a esquerdista CNBB(TL-PT-PC do B-CUT-PSOL-PSTU...), a qual criticou os que promoveram a saída da comunista Dilmaracutaia, e considerando como sendo vítima de golpe político; quanta cara-de-pau e esquerdismo, CNBB!
    D Aldo detestava o PT - há no youtube ele criticando o partidos dos trabalhadores(dos "trabalhadores dos cofres públicos, sindicato de gatunos)!
    D Aldo fez campanhas contra a comunista Dilmaracutaia e enfrentou os comunistas do clero por onde passou", portanto, seja cassado, ainda mais nesse tempo em que os esquerdóides estão sendo incensados a partir de dentro do proprio Vaticano, calculem o quanto a adoção dessa postura pesa negativamente contra ele!
    Ainda, para piorar, D Aldo participou de um livro com D Vasa(EUA) e D Athanasius Schneider(Cazaquistão) no tema pró Familia; pronto: condenado ás feras; o politicamente correto do glbtismo, do amasiamento e o relativismo geral são os que estão em alta!
    Reencarnação?
    Statum est hominibus semel mori, post hoc autem judicium Hb 9,27.

    ResponderExcluir